Voltar

Brincadeira de criança

Brincadeira de criança

Brincadeira de criança

27 Setembro 2016

27 de stembro de 2016.

Com a tecnologia cada vez mais presente na vida dos pequenos, é preciso encontrar o equilíbrio e privilegiar as atividades manuais que tanto ajudam no desenvolvimento e na aprendizagem. Segundo a especialista em educação lúdica Andréa Frangakis Tanil, se os pais reduzirem ao menos 30% do tempo gasto na Internet, terão mais tempo para propor às crianças outras alternativas de diversão.

Os benefícios das brincadeiras manuais são inúmeros. Elas estimulam o desenvolvimento das habilidades cognitivas, psicológicas, afetivas e sociais das crianças, incentivando-as a vivenciar experiências que fortalecem a estrutura física e psíquica, especialmente quando os pais participam, pois a experiência conjunta aproxima a família e proporciona melhor qualidade de vida.

Andréa ressalta que essas atividades funcionam como uma ferramenta natural para a criança aprender a lidar com o mundo, a cooperar e superar desafios, a ser resiliente e a conhecer seus potenciais. “Muitos estudos apontam o brincar como colaborador para redução do estresse e para a manutenção da autoestima e da confiança”, complementa.

Ela observa também que, apesar da importância das escolas para o incentivo do brincar, ainda não existe um consenso entre os desejos dos pais e as instituições de ensino. Ela considera que é preciso haver uma responsabilidade compartilhada para o desenvolvimento lúdico, social, intelectual, emocional das crianças.

 

 

Vamos brincar?

Jogos de montar: estimulam a imaginação, comunicação, concentração, organização, agilidade e capacidade de análise.

Pular amarelinha, pular corda e soltar pipa: ajudam na coordenação motora, socialização, paciência, tolerância a frustração e consciência de regras e limites.

Jogos coletivos: futebol, queimada, basquete e vôlei estimulam a cooperação, empatia, superação, iniciativa e estratégia.

Fazer um piquenique: convidar os pequenos a separarem alimentos para uma refeição ao ar livre melhora o convívio social e o contato com a natureza.

Jogos de tabuleiro: atividades como xadrez, gamão e jogo de damas desenvolvem o raciocínio lógico, a memória e o senso cognitivo.

Cozinhar: ajudar a fixar os benefícios da alimentação saudável desde cedo e estimula noções de higiene, disciplina e organização.

 



Média (0 Votos)

COMPARTILHAR: