Voltar

Ossos frágeis

Ossos frágeis

Ossos frágeis

22 Setembro 2016

22 de setembro de 2016.

Cerca de 10 milhões de brasileiros sofrem de osteoporose, segundo a Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (ABRASSO). Alguns fatores que ocasionam a osteoporose podem ser evitados, como o consumo excessivo de café, fumo, bebidas alcoólicas, sedentarismo, níveis hormonais e baixa ingestão de cálcio e vitamina D. Outros, como o fator genético, o sexo feminino, a idade avançada e a etnia branca e oriental, são definidos como não modificáveis.
 

Cuide bem dos seus ossos

Para manter os ossos saudáveis, a médica Jaqueline Barros Lopes, coordenadora médica do Centro de Infusão do Hospital Santa Catarina, recomenda evitar hábitos nocivos, como tabagismo e alcoolismo, e adotar uma dieta balanceada rica em cálcio, a qual inclui leite e seus derivados e vegetais verde escuros (couve, brócolis e espinafre). Aumentar a ingestão de vitamina D também é fundamental. Para isso, coma peixes, especialmente salmão e cavala, e castanhas, como a do Pará.

“Atividade física é fundamental, mas deve ser individualizada e supervisionada para que sejam respeitados os limites de cada indivíduo”, observa. Ela indica caminhar ao menos três vezes por semana, durante 30 minutos por dia. “Trata-se de um excelente exercício para a manutenção da saúde óssea”, completa.


 

Qual médico procurar

Confira as especialidades médicas indicadas para cada sintoma relacionado às dores nos ossos:

- Reumatologista: Fragilidade e baixa densidade dos ossos, além de dores articulares, especialmente da coluna.

- Endocrinologista: Enfraquecimento ósseo causado pela falta de nutrientes.

- Clínico geral: Inchaço nas penas e nos braços.


Encontre os profissionais no aplicativo do Guia Médico da CNU. Basta selecionar a especialidade e o local de atendimento para encontrar os profissionais.

Para saber mais sobre doenças relacionadas aos ossos leia a matéria na íntegra da revista Vem Viver.

 



Média (0 Votos)

COMPARTILHAR: