As conquistas obtidas pela Central Nacional Unimed nos últimos anos são evidentes nos resultados financeiros, nas certificações ISO e no Selo Ouro de Acreditação da ANS. Agora, mais um grande avanço: seu Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS) de 2020, ano-base 2019, ficou com nota máxima 1. 

 

                                         

 

“A Central Nacional Unimed atua em todo o Brasil, com respeito às características socioculturais de cada região, mas, ao mesmo tempo, com o padrão de excelência reconhecido por grandes corporações com abrangência nacional. Poderíamos resumir este IDSS como uma avaliação que, imediatamente, se transmuta em desafio: continuar bem e melhorar sempre. Vamos em frente, com a determinação da diretoria, a coesão e a qualificação de nossa equipe, o apoio de nossas sócias e a confiança de nossos clientes”.

O Índice de Desempenho da Saúde Suplementar é composto por um conjunto de indicadores agrupados em quatro dimensões e é calculado com base nos dados extraídos dos sistemas de informações da Agência ou coletados nos sistemas nacionais de informação em saúde. O IDSS permite a comparação entre operadoras, estimulando a disseminação de informações de forma transparente e a redução da assimetria de informação, falha de mercado que compromete a capacidade do consumidor de fazer suas escolhas no momento da contratação ou troca de um plano de saúde e a ampliação da concorrência baseada em valor no setor.

A informação está disponível para consulta no site da Agência Nacional de Saúde Suplementar. 

 

Clique aqui para conferir e conhecer o Programa de Qualificação de Operadoras da ANS.

 

Clique aqui para consultar a nota atual do IDSS da Central Nacional Unimed no site da ANS.