• Governança

    Por ser uma cooperativa de segundo grau, a Central Nacional Unimed não tem relação direta com os cooperados. Mantém relação associativa com as cooperativas Unimed. É administrada por uma diretoria executiva eleita em Assembleia Geral Ordinária (AGO),com mandato de quatro anos. As assembleias constituem o mais alto grau de governança e são coordenadas pela diretoria eleita, conforme determinado em estatuto. O grupo também define e delibera a remuneração dos diretores, as ações estratégicas e a destinação das sobras. Há ainda dois conselhos que representam as associadas, e que também são eleitos durante a AGO: o Conselho Administrativo, Técnico e Operacional, que orienta e delibera, e o Conselho Fiscal, com seis membros, que avalia e fiscaliza as contas da operadora. Não existem mecanismos formais definidos em estatuto para avaliar as qualificações desses membros. A atuação do Sistema Unimed na esfera política ocorre por meio da Unimed do Brasil. A Central Nacional Unimed se envolve em debates públicos apenas em questões relacionadas à saúde e vinculadas ao órgão regulador, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

a1) Demonstrações contábeis 

Demonstrações contábeis dos trimestres:

b) Evolução mensal da carteira de beneficiários

  • tabela

c) Parecer de auditoria independente externa das duas últimas demonstrações financeiras anuais

d) Relatório da administração com informações sobre o andamento do negócio, desempenho e expectativas para curto, médio e longo prazo

e) Ata da Assembleia Geral de sócias

f) Fatos relevantes de gestão e investimentos

g) Organograma, atribuições e composição atual de direção

h) Certificados de Governança Corporativa